Parede de Radiologia

Tipos de chapas

• Chapa ST BR
• Chapa RU BR
• Chapa RF BR
• Chapa DUR

Área de Utilização e Aplicações

Parede para divisão de ambientes onde exista a necessidade isolamento da radiação emitida por equipamentos radiológicos.
• Hospitalar
• Consultórios

São consideradas ambientes divisão que necessitam uma maior exigência em relação à radiação:
consultório dentário, salas de raio X, salas de mamografia, salas tomografia, salas radioterapia, salas de ressonância nuclear.

• Ambientes secos / secos;
• Ambientes secos / úmidos;
• Ambientes úmidos / úmidos.

Características da Parede Radiologia

Parede formada por uma linha de estrutura com espaço interno de 48, 70 ou 90mm, com aplicação de folha de chumbo entre as chapas.
• Espessura final de 98 a 150mm;
• Peso do sistema é de 40 a 60kg/m²;
• Resistência ao fogo de 60 a 120 minutos;
• Isolamento acústico de 42 a 56dB.

Tabela de Consumo (m²) ¹

¹ Consumo estabelecido com base na altura do pé-direito de 2,50m. Coeficiente de perda de 5%.

Tabela de Desempenho

* A altura limite dos montantes é referente à distância entre o piso e a laje. Estas alturas podem ser ultrapassadas com a utilização de chapas BR 12,5mm e DUR. Para situações não constantes na tabela desempenho consultar o departamento técnico.
** Para proteção contra incêndio verifique as montagens específicas na pg. xx e as exigências na Instrução Técnica do Corpo de Bombeiros.
*** Para calcular o índice de isolamento acústico das paredes de drywall deve ser considerado o espaço interno das paredes, a quantidade chapas e a especificação da lã de vidro.

Recuo para sala radiológica em ambiente hospitalar.

Informações Complementares

• O sistema de Drywall da Vital Sistemas e Obras atendem as exigências da Norma de Drywall ABNT NBR 15.758:2009;
• O sistema cumpre todos os requisitos de acústica, resistência mecânica e ao fogo expressos na Norma ABNT NBR 15.575 e a Instrução Técnica do Corpo de Bombeiro;
• O desempenho da chapa Resistente à Umidade BR 12,5mm, apresenta o mesmo desempenho da chapa Standard BR 12,5mm;
• Para áreas úmidas deve ser sempre previsto em projeto uma proteção nos rodapés das paredes das
chapas Resistente à Umidade;
• A ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e o Ministério da saúde publicam as Normas que regem o uso de radiações ionizantes na medicina, e em especial as diretrizes para ambientes prestadores de serviço em saúde. A norma máxima é a RDC 50/02, foi publicada em substituição a Portaria 1.884;
• A espessura da folha de chumbo deve ser rigorosamente determinada por um especialista de acordo com múltiplos parâmetros (tipo de instalação de feixe de energia, volume da sala).
• O sistema montado com chapas BR 18 e DUR BR 12,5mm proporciona desempenhos diferenciados.
A tabela desempenho acima está de acordo com a tabela existente na Norma de Drywall ABNT NBR
15.758:2009 parte 1;
• O desempenho acústico dos sistemas construtivos Drywall da Vital Sistemas e Obras atende as mais exigentes especificações. O acréscimo de lã de vidro no espaço interno da parede, aumenta a performance acústica do sistema;
• A duplicação do número de chapas em cada face (duas ao invés de uma) permite a obtenção de desempenhos mecânicos, acústicos, térmicos e de resistência ao fogo mais elevados.
• Os resíduos de gesso em suas várias formas são recicláveis e estão enquadrados na classificação B do CONAMA (Conselho Nacional do Meio Ambiente) – Resolução nº 307;

Para quaisquer informações complementares consulte nosso departamento técnico.

Oncoville Curitiba – Sala de Tomografia Computadorizada.

Parede Radiologia
Detalhes Técnicos e Especificações para Montagem